Problema de estimação

fruta-gay

Hoje uma grande amiga me marcou numa publicação na Página da Gina Indelicada, em um vídeo onde o Rick (o homem por trás da personagem Gina) contava resumidamente sobre sua transição do armário para a vida real, praticamente um ‘Quase Conto’.

Embora a sexualidade dele não fosse nenhuma surpresa (meu gaydar é sensacional rs), eu fui assistir ao vídeo, pois, todo relato é inspirador e são histórias de sucesso e superação.

Pra minha surpresa o Rick mencionou síndrome do Pânico em seu vídeo como uma consequência da pressão de viver uma vida que não era a dele, de se esforçar em manter uma personagem diariamente, e que não era a Gina, mas sim ele próprio.

Eu tive um namorado com síndrome do Pânico, eu sei como é complicada e limitadora a vida de uma pessoa com problemas assim, e sei também que remédios que deveriam ajudar, acabam transformando a pessoa em um zumbi, e muitas vezes o melhor remédio é se livrar do medo que te aprisiona, coisa que felizmente o Rick conseguiu; mas não são todos que conseguem levantar a cabeça e enfrentar os medos, e acabam se apegando aos problemas, transformando em praticamente problemas de estimação.

deposito_0179

Um problema de estimação é aquele problema superestimado, que só existe na sua cabeça, pois, na vida prática e real, ele é algo muito simples de se resolver. Eu tive um problema de estimação quanto a minha sexualidade, no vídeo o Rick deixa claro que também teve, e da mesma forma, vários gays criam com carinho e muito apego seus problemas, dificultado ainda mais a saída do armário e o início de uma vida de fato real.

Aceitar-se gay é de longe o pior pedaço do percurso de saída do armário, e depois que aceitamos que sentimos atração por pessoas do mesmo sexo, entendemos que isso é normal, compreendemos que não interfere em nada na nossa vida e tão menos na vida dos outros; nesse momento não existe mais motivos para ter medo. Nesta hora você está pronto pra ser feliz, e se você está feliz, sua família vai acabar lidando com isso de uma maneira mais fácil do que você imagina.

É claro, existem sempre as famílias mais complicadas, mas uma coisa é certa, quanto melhor for sua atuação como heterossexual, mais sua família vai acreditar nisso, e consequentemente mais complicada será a aceitação, afinal, você nunca demonstrou nada, fazia questão de ostentar um estilo heteronormativo de vida, como assim vem agora dizer que é gay.

No início do vídeo do Rick, ele fala algo que eu me identifico muito, que é sobre não ter necessidade de falar que você é gay, que isso é algo que deveria ser intuitivo, as pessoas deveriam perceber de forma natural e isso seria um detalhe tipo: ok, ele é gay, próximo assunto. Mas perceba, uma coisa é não sair dizendo por ai que é gay, mas vive a vida normalmente sem se anular, se limitar e se esconder.  Outra coisa totalmente diferente é não dizer, e fingir ser o que não é.

Imagine que você é uma fruta, qualquer uma, cada fruta tem seu tempo de amadurecimento, após esse tempo ela não tem escolha, ou cai do pé linda, ou apodrece nele.

Não se preocupe em sair do armário agora, cada um tem seu tempo, mas quando perceber que está pronto, não se apegue aos seus problemas de estimação, isso pode literalmente te apodrecer por dentro. É melhor enfrentar o medo e se jogar, aproveitando a vida enquanto você ainda é vistosa, suculenta e gostosa, criando memórias incríveis pra sua vida, do que se tornar uma fruta doente, presa no galho, infeliz e que nunca será chupada.

Lembrem-se, a vida não acontece por acaso.

Aproveite e veja o vídeo se você ainda não viu.

Rafael Telles

Criei o GPA numa fase em que me encontrava no armário e foi com ele que consegui abrir as portas para o mundo. Minha intenção com o Gay por Acaso é apenas a de tentar fazer com que essa transição seja mais tranquila para todos que passam por essa fase (quase sempre difícil) de se assumir gay. Vou mostrar que essa é apenas uma das milhões de características que você tem, e a informação isolada de que você é gay não diz nada sobre você!

Related Posts
11865199_10153575676634577_9051200736972651302_o

Discussion about this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *