Paradoxo Social

capa-jogar-dinheiro-fora-1

bitch better have my money

É estranho perceber como as peças de um quebra cabeças tão simples insiste em não se encaixar.

Vivemos em uma sociedade capitalista, no entanto a premissa básica do capitalismo, que devia ser crescer economicamente encontrando nichos de consumidores potenciais para novos mercados, não é tão bem aproveitada quando diz respeito ao público homossexual.

Ao invés de interesse, respeito e responsabilidade com este público, visando o próprio crescimento, a sociedade se faz desinteressada, desrespeitosa e violenta na maioria das situações.

Fica mais complicado entender tal contradição, quando os dados que temos é que quase 50% dos homossexuais pertencem às classes A e B da sociedade, ou seja, são consumidores potenciais. Isso não soa um tanto paradoxal para você?

O que muitos não pararam pra pensar, é que todas as dificuldades e limitações que impostas aos homossexuais são estímulos que fazem com que estes invistam sempre mais no seu próprio crescimento.

Os homossexuais (assim como acontece com os negros) para provarem que são iguais precisam fazer sempre mais, estudam mais, trabalham mais, viajam mais, adquirem mais conhecimentos gerais, se interessam mais, e sim, se divertem mais, tudo como forma de defesa, como forma de mostrar seu valor.

A conseqüência de tudo isso é óbvia. Cidadãos bem sucedidos que tão logo estarão ocupando o lugar de tantos que se mostram contrário a toda esse evolução da diversidade humana.

Talvez chegue um dia que de fato os gays “dominem o mundo”, mas não por conta de uma teoria da conspiração como vivem dizendo por ai, mas sim pelo esforço, comprometimento e forma mais respeitosa de ver o mundo; e isso fará toda a diferença.

Acredite no seu potencial, sua sexualidade nunca irá definir o ser humano que você é.

(texto recuperado do antigo blog GPA)

Rafael Telles

Criei o GPA numa fase em que me encontrava no armário e foi com ele que consegui abrir as portas para o mundo. Minha intenção com o Gay por Acaso é apenas a de tentar fazer com que essa transição seja mais tranquila para todos que passam por essa fase (quase sempre difícil) de se assumir gay. Vou mostrar que essa é apenas uma das milhões de características que você tem, e a informação isolada de que você é gay não diz nada sobre você!

Related Posts

Discussion about this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *